Posts com a Tag : Liga Brock Osweiler 2017

Liga Blake Bortles 2017 – Week #7

O balanço de erros e acertos virá semana que vem, enquanto isso podemos afirmar que até aqui cravamos 100% dos nossos palpites (prove o contrário) e proporcionar uma nova leva de previsões certeiras. Confiram conosco no replay!

Pick Six vencerá (com as calças na mão) John The Fisherman

A franquia do comissário se isolará cada vez mais na liderança, enquanto o antigo dono do topo segue em declínio – não que ele precise se preocupar, claro: ambas as franquias já estão na pós-temporada. Para o duelo desta semana, mesmo com uma atuação abaixo do projetado do RB que evitará a terceira guerra mundial após assinar o ditador norte-coreano com uma corrida de 77 jardas, a vitória do time-do-site será garantida por boas atuações de Cam Newton (35 pontos, 4 TDs corridos), Carlos Hyde (futuro vencedor do prêmio Blake Bortles deste ano) e Ryan precisa-ser-respeitado Succop. No mais, é muito triste esperar algo de Orlens Darkwa, seja no fantasy, ou na vida real – exceto se você, torcedor, se iludiu com aquela noite gelada em Denver.

Curitiba Left Sharks irá devorar Show Me What You Got

Tyrek Hill já garantiu essa. E não escrevemos sobre times que escolheram tankar.

Gávea Vultures vencerá Miami pior-time-da-liga Guiphins

Prescott (deve ser difícil ser hater do menino Dak) caminhará para a glória junto com Zeke, somado a uma ajudinha de LeSean McCoy já será mais que suficiente para derrotar um time que está poupando a defesa para o Consolation. Talvez Russell Wilson marque meia dúzia de pontos, para a derrota não ser tão feia.

Reno Gunslingers (apesar de tudo) vencerá Ijuhy Drones

No duelo entre bff’s, uma vitória para o pior GM que o fantasy football já conheceu – não por méritos próprios, mas sim porque alguém tem que vencer; no cenário ideal, esse jogo reservaria uma derrota dupla. Estamos em 2017, é triste demais ver Blake Bortles alinhando como titular ou mesmo contar com Giovani Bernard (da última vez que falamos isso, obviamente quebramos a cara). Gano, um kicker, deve pontuar mais que o QB adversário – o que diz muito sobre a falta de qualidade do duelo.

Coxa (quase) Leaders vencerá Água (escala o Watkins para ter alguma chance) de Campinas

Nenhum jogador do time campineiro, exceto Tom (projeção irreal) Brady pontuará mais que o adversário em posição correspondente do Leaders. Impossível vencer dessa forma. Aceitemos: o Água de Campinas está oficialmente ELIMINADO e deve focar na disputa pelo prêmio de pior time da liga.

Jujuba Skittles vencerá (talvez não) Atlas Abranches

É difícil apostar contra o time mais carismático da liga, apesar do histórico indicar o contrário. Mesmo em um cenário em que Alex Smith fez um bilhão de pontos e outros dois atletas cumpriram o projetado, somos ousados e cravamos: Gronkowski e Bell botarão um sorriso no sofrido rosto dos apaixonados pelo Skittles.

Liga Brock Osweiler 2017 – Week #7

Olá, leitor e leitora PickSix. Mais uma semana de previsões no ar, com muito esforço para criticar o comissário, mas acertar todos os demais jogos da liga mais equilibrada de fantasy já criada.

Cheesapeake Reapers finalmente derruba Comissário Baddel

Há de se confessar que prever derrotas por pura implicância e errar é bem triste. Mas parece que essa semana vai! Não para menos, para um time que ganhou apenas um jogo no ano – um pouco de justiça. Para se ter uma ideia, o maior pontuador previsto do Comissário é Jordan Howard; isso mesmo, seu QB é Case Keenum, então deve ser medíocre, assim como o resto do time. Não que o Reapers tenha grandes jogadores além de Zeke Elliot. É apenas esperança mesmo. Entre Cohen, Watkins, Allen e Wentz, algum explodirá e resolverá a partida junto com o cidadão de Dallas.

Ismaelssen Arcanines (graças a Hill) vencerá Guanabara Bay Pombos

O duelo chave da partida era entre as duas lendas de Kansas City; para a sorte dos nossos Pokemons, o WR deu um grande passo a frente. Drew Brees até tem um bom matchup, mas isso deverá limitar Mark Ingram, enquanto Frank Gore enfrenta a boa defesa de Jacksonville (que é propriedade de Ismaelssen). Do outro lado, o Jaguar-mor, Leonard Fournette, pega a delicada defesa de Indianapolis. Jay Ajayi completará a dupla e garantirá a vitória, a menos que Fitzgerald mantenha seu ritmo inigualável da última semana.

Estancia Kerbfest segue em ascensão contra Bauru DireWolves

E nada parece capaz de deter o Kerbfest. O time da Estancia deve emplacar mais uma vitória, dessa vez contra Bauru. Antonio Brown deverá ajudar seu time a bater em Cincinnati, enquanto McCaffrey pode continuar produzindo mesmo com oportunidades limitadas, assim como James White (o verdadeiro MVP™) e Gronk na reedição do Super Bowl 28-3. Do lado dos Lobos, a projeção de Brady é simplesmente irreal (os RBs produzirão, e a defesa de Atlanta não é tão ruim), o que já retira a impressão de equilíbrio do jogo. AJ Green enfrenta uma das melhores defesas contra o passe, enquanto a outra estrela, Devonta Freeman, deve pipocar como todo o resto do ataque dos Falcões.

Futebil e regatas escala seus jogadores contra Tabernáculo Ateu

PLENO SÁBADO E CADÊ TIME COMPLETO AMIGOS? De qualquer forma, com Jacoby Brissett na ‘passação’ é difícil ter esperanças; a dupla Wallace e Nelson de WRs é igualmente triste. Existe esperança em JET McKinnon, mas dificilmente ele será suficiente dividindo carregadas com Latavius Murray. Do outro lado, de qualquer maneira, encontramos um time bem sólido mesmo com apenas duas vitórias: Thielen receberá infinitos passes com Diggs fora, Gordon terá que correr em nome de dias melhores para LA II, Mike Evans segue sendo ele, enquanto Orleans Darkwa é o novo RB1 em NY. Pensando bem, talvez nem precise do time inteiro para ganhar essa.

Philadelphia Beagles elimina Tramandaí Bicuíras

Acho que chegamos ao fim da linha para Tramandaí. A sexta derrota em sete jogos deve impossibilitar o time de chegar aos playoffs (se é que ainda sonhava com isso). E se a situação estava difícil com Ekeler (who) e Richardson pareado com Funchess, a expulsão de Lynch, provavelmente o melhor do time, acabou com qualquer sonho. Do lado dos Beagles, basta escalar jogadores que realmente existem e atuem no domingo para vencer. Bell, Cooks, Jeffery e cia são overkill.

São Paulo Talibikers vence e ultrapassa PackersBR

Existe zica por culpa de Power Ranking? Parece que sim. Desde que foi chamado de máquina, a exemplo de seu homônimo da NFL, o PackersBR entrou em completa decadência. Hoje, depende de jogadores como Benjamin, Peterson e Decker – McCoy e Gurley dão esperança, mas não devem ser suficientes. Hyde e Johnson, com bons matchups, não são glamurosos, mas produzirão números deentes. A dupla de Atlanta pipocará, mas meterá uns pontos antes; somar os sólidos Ertz e Bryant deverá ser suficiente para uma vitória que continua derrubando o Packers assim como Anthony Barr derrubou Aaron Rodgers (maldade).

Liga Brock Osweiler 2017 – Week #6

Senhoras e senhoras, estamos de volta. Depois de um grande Power Ranking que se provará brilhante ao final da temporada, temos que voltar a prever resultados dos jogos. Já perdemos as contas de como vai nosso aproveitamento jogo a jogo, mas temos a certeza que está acima dos 50% (ou seja, ganhamos de uma moeda); portanto, vale a pena seguir acompanhando:

Ismaelssen Arcanines vence o COMISSÁRIO Baddel

A essa altura do campeonato o leitor já deve ter percebido que sempre apostamos contra o comissário. Mas apesar da sua recuperação, não é como se precisássemos de muito esforço para apostar contra esse mago. Arizona vai ser um desafio bem mais imponente para Doug Martin que a defesa MEDIANA de New England; outro ponto é ter Case Keenum como titular. Keenum!

Do outro lado, nossos poderosos Pokémons de fogo têm um Kirk Cousins com vontade de fazer um jogo maravilhoso contra seu futuro time apoiando-se em Pryor, além dos ETs Tyreek Hill, Leonard Fournette e Will Fuller (4 TDs em 2 jogos) ainda no banco. Arcanines, choque do trovão! (ou algo assim)

Philadelphia Beagles sai do fundo do poço contra os Chesapeake Rippers

É incrível como seguimos apostando em certos times e eles seguem decepcionando. Nesse jogo, pelo menos, um desses dois perdedores constantes ganhará. Por ter optado por Winston ao invés do on-fire Wentz, apostamos no Beagles – mesmo que este conte com Josh McCown (que é uma opção mais bizarra que o já citado Case Keenum).

Bell, Gillislee e Cooks, os poucos jogadores não medíocres do jogo, serão a diferença. Philadelphia, tira o CJ Anderson do banco, por favor!

Futebil e Regatas vence sem QB o Guanabara Bay Pombos

Mariota estará saudável para domingo? É bom que Futebil esteja atento e bem preparado para puxar um QB dos free agents caso o surfista de Nashville não esteja pronto. De qualquer forma, Brees não alcançará os pontos projetados contra Detroit simplesmente porque são muitos, e os épicos Hunt e Gordon deverão anular-se em jogos difíceis – mas não para running backs.

A diferença fica no grupo de recebedores: Adam Thielen deverá receber infinitos passes com Diggs machucado, enquanto Mike Evans receberá oportunidades suficientes contra Patrick Peterson para marcar seus pontinhos. Ingram, Fitzgerald e Cobb, do outro lado, deverão continuar sendo consistentes: nenhum passará dos 10 pontos.

Bauru DireWolves segue cavando o buraco do PackersBR

Será que ACABOU o sonho do nosso PackersBR? Parece que aquele time mágico deu uma virada de pá e simplesmente se tornou o Comissário Baddel. Peterson e Decker não chegariam nem perto de um time de respeito, quanto mais daquele time invicto da semana 4 – ao contrário da vida real, Aaron Rodgers não pode fazer mágica e ganhar jogos sozinho por aqui.

Pelo Bauru, Brady trucidará os Jets porque é assim que as coisas são. Hopkins e Freeman são as escolhas de primeiro round que continuam a provar-se excelentes – ainda mais contra Cleveland e Miami.

Estancia Kerbfest faz o zumbi voltando do além contra Tabernáculo Ateu

Repetindo piada: nem que comece a rezar o Ateu ganha esse jogo. Brissett, Howard e Wallace estariam melhor em um circo de bizarrices do fantasy que em um time que quer ser levado a sério (e já acumulou quatro vitórias!).

Um bom retorno de Gronkowski contra o maior rival de divisão, além dos WRs Brown e Crabtree, (e já auxiliados pela derrota produtiva dos Panthers) deverão ser bem mais do que o suficiente para superar os 78 míseros pontos projetados do Tabernáculo.

São Paulo Talibikers troca Powell por Jones e vence o Tramandaí Bicuíras

BASICAMENTE, muitos times esqueceram de ser ajeitados essa semana, né? De qualquer forma, basta tirar Powell e meter Julio Jones nos titulares que ele garantirá a vitória dos Talibans. Gostamos também de Carlos Hyde meio saudável e Matt Ryan contra uma defesa que não intercepta ninguém.

Andre Ellington vai perder espaço para o comitê sênior em Arizona, enquanto Jordy Nelson enfrentará a dificuldade de ter Xavier Rhodes na sua cola; a decadência de Rivers deverá parecer ainda mais pesada contra um rival de divisão, enquanto Vernon Davis só existirá se Jordan Reed seguir na UTI. Basicamente, rumo à lanterna, Bicuíras.

Liga Blake Bortles 2017 – Week #6

Estamos 12-12, um glorioso e respeitável índice de 50% de acertos. Na última semana, uma pausa nas previsões para rankear os times, então agora retornamos ao normal com nossa coleção de palpites infalíveis baseados em nada ou coisa nenhuma.

Pick Six (4-1) vencerá o time que está tankando (2-3)

Zach Ertz já fez mais pontos que a dupla de RBs titulares (sério, Gallman e Allen – e ainda há Adrian Peterson. Alguém avise esse GM que não estamos mais em 2009). Mesmo que Keenan Allen e a defesa de Denver cumpram o prometido, a franquia que na verdade não mostra nada perderá por mais de 25 pontos.

Curitiba Left Sharks (2-3) vencerá Miami Guiphins (1-4)

A dupla do Falcons, com uma ajudinha Tyrek Hill será fundamental para a vitória sobre o pior elenco da liga. Martellus Bennett também estreará ofensivamente (bloqueios, infelizmente, não contam para o Fantasy), marcando dois touchdowns contra o freguês Vikings. Já o Guiphins, hoje, é mais triste que a fome.

Ijuhy Drones (2-3) vencerá Gávea Vultures (4-1)

Um deslize pelos lados da Gávea, que infelizmente precisa escalar nomes como JACOB BRISSETT, Colins e Perine nesta rodada – as byes mataram o time nesta semana, mas é preciso pensar no longo prazo. Mesmo assim, Justin Tucker somará mais pontos que os principais jogadores do Vultures, em uma vitória, ousamos cravar, fácil para o Drones.

Reno Gunslingers (1-4) vencerá Jujuba Skittles (1-4)

A sina do Skittles continua – muita simpatia, pouco resultado em campo. Infelizmente, essa deve ser a tônica da franquia comandada pelo GM mais querido da liga. Apesar de McCaffrey ter tido um boa pontuação no TNF, Gronk enfrentar uma franquia zumbi e Brees ter tudo para garantir sua carga de pontos habituais, não será suficiente. Já o Reno contará com um Lamar Miller inspirado, Chris Thompson e Walker enfrentando defesas vergonhosas e uma atuação de gala DeSean Jackson (ousadia & alegria).

John The Fisherman (4-1) vencerá Coxa (não tão) Leaders (3-2)

Apesar da atuação abaixo do projetado de Alshon Jeffrey, Aaron Rodgers, Antonio Brown e Todd Gurley compensarão os pontos perdidos. Além deles, até mesmo Austin Hooper e Pierre Garçon tendem a ter bons jogos. Do outro lado, se precisássemos apostar, só colocaríamos dinheiro em boas atuações da dupla titular de WRs. Vitória apertada do Fisherman!

Águia de Campinas (2-3) vencerá Atlas Abranches (4-1)

O time campineiro terá excelente pontuações no eixo QB-WRs-TE. Os RBs, porém, preocupam – Ajayi não é o mesmo do ano passado e Ellington escalado em 2017 é uma piada de mau gosto. Mesmo assim, é uma aposta mais segura que o Abranches, que terá em Jordan Reed o maior pontuador e torce para que Fournette repita a atuação da semana anterior – do contrário, não haverá espaço para alegria na tarde de domingo.

Liga Brock Osweiler 2017 – Power Ranking Week #5

Vamos inovar porque sabemos que não há nada que o povo goste mais do que um bom ranking. Agora que começa o período de byes simplesmente feitos para atrapalhar a vida dos nossos GLADIADORES de fantasy, também é a partir de agora que saberemos quem é de verdade.

Como já é especialidade PickSixTM, seremos estraga prazeres e adiantaremos quem são os melhores times da liga Brock Osweiler (e quem pode apenas estar enganando por pura sorte). Na semana que vem, como já prometido na liga Blake Bortles, voltamos com as previsões jogo a jogo, como sempre, com alta taxa (vai, enquanto estiver acima de 50% está bom) de acertos.

12 – Tramandaí Bicuíras (1-3)

O time não tem nenhum jogador que hoje seria draftado no primeiro round; se duvidar, talvez nem no segundo. Além disso, para tornar ainda mais ofensivo, no momento vemos escalados DOIS jogadores que atuam no Nova Iorque Jatos Clube de Football, o que prova que não há salvação. Ter duas defesas no elenco tampouco colabora com a IMAGEM da equipe.

11 – COMISSÁRIO Baddel (2-2)

O dono da liga parece estar em uma campanha de recuperação, mas não se deixe enganar, caro  leitor. Basta olhar para o time titular dessa semana: Joe Mixon recebeu 42 vezes a bola nos últimos dois jogos e mal chegou as 100 jardas; enquanto isso, os dois melhores receivers entre os escalados são Doug Martin e Travis Kelce – é, você nem quer saber quem são os WRs titulares, muito menos quem estará lançando a pelota para eles (Brian Hoyer e Jacoby Brissett).

10 – Futebil e Regatas (1-3)

A dupla de WRs (Thielen e Evans) é boa e parece capaz de superar os pontos projetados todas as semanas; Abdullah e Gordon são bons RBs desde que se mantenham saudáveis, assim como o QB. Como “se manter saudáveis” é sempre um desafio para esses jogadores, é difícil acreditar que todos se mantenham vivos para dar uma base sólida para a equipe – que, portanto, não irá muito longe.

9 – Ismaelssen Arcanines (2-2)

O time mantém as esperanças de vitória em grandes partidas de Hill e Fournette; Blount e Tate, principalmente, têm capacidade de fazer boas partidas e, somados aos anteriores, podem ganhar alguns jogos. Entretanto, é mais provável que os bons jogos dos principais jogadores não coincidam; assim, as derrotas são mais prováveis que as vitórias.

8 – Tabernáculo Ateu (3-1)

O início foi bom e, desconsiderando lesões, o time poderia ser um dos melhores da liga. Mas a sorte (ou seria DEUS?) não está do lado do Ateu e Dalvin Cook agora também se encontra no céu dos machucados ao lado de David Johnson. A equipe simplesmente não tem no momento um running back para escalar e conta com Brissett como QB titular; a exemplo dos Colts, o buraco deve ficar cada vez mais fundo.

7 – Estancia Kerbfest (2-2)

Assim como os Arcanines, a equipe se resume a dois atletas: Antonio Brown e Cam Newton. São craques e são mais estáveis, mas o time parece acabar por aí. O resto do elenco contém jogadores “sólidos” – o que pode ser muito bom para seus respectivos times, mas para efeito de fantasy, isso é bem pouco.

6 – Cheesapeake Rippers (1-3)

Pode não parecer (até agora, o time tem uma média de menos de 80 pontos por jogo), mas o potencial está ali. O trio de RBs é excelente com Zeke, Miller e Murray (que tem que ter mais oportunidades com Mariota baleado), além de Cohen no banco, e depende apenas de um pouquinho de ajuda por parte dos recebedores: entre Watkins, Bryant e Allen devem sair dois nomes confiáveis. Fica aqui o desafio.

5 – Bauru DireWolves (2-2)

Vai semana, vem semana, Jesse James segue titular, o que deveria ser suficiente para colocar esse time na metade de baixo do Power Ranking. Entretanto, uma dupla de WRs que recebem muitas bolas, além de Brady sempre em busca de fazer (mais) história são uma excelente base. A ascensão de Jamaal Charles pode ser o diferencial que levará esse time mais ou menos longe.

4 – Philadelphia Beagles (1-3)

Hoje o time mais injustiçado da liga, em nono lugar, mas com o terceiro maior número de pontos. Com a boa dupla de RBs Bell e Gillislee, além de Russel e Alex Collins ganhando espaço, o time deve melhorar e brigar pelos playoffs quando a temporada estiver chegando ao fim.

3 – São Paulo Talibikers (2-2)

Ignoremos Kenny Britt momentaneamente titular como ignoramos ele titular em Cleveland. O resto de grupo é parecido ao Kerbfest (os jogadores não são excepcionais, apenas sólidos), mas que por volume conseguem fazer números legais para o fantasy.

2 – Guanabara Bay Pombos (3-1)

Quão longe Kareem Hunt pode carregar um time nas costas? A pergunta poderia ser sobre os Chiefs, mas nesse caso é sobre os Pombos. Entretanto, no time dos cariocas ele conta com o apoio de OBJ, Doug Baldwin e DeShaun Watson (ou Drew Brees ou Sam Bradford) – jogadores que vêm numa crescente e podem ajudar Guanabara a sonhar com superar o líder do ranking.

1 – PackersBR (4-0)

Uma máquina. Gostamos de repetir que o draft não importa muito quanto mais a fundo da temporada entramos, mas nesse caso não há discussão: esse foi incrível. McCoy, Gurley, Diggs e Rodgers poderiam ganhar de metade dos times da liga sozinhos.

Liga Blake Bortles 2017 – Power Ranking Week #5

Olá amigos da Liga Blake Bortles! Na semana que passou, por um deslize do destino, tivemos incríveis “um acerto”, e o placar geral foi igualado em 12-12. Na semana #5, porém, decidimos inovar. Não teremos análise, mas sim nosso primeiro POWER FANTASY RANKING. Confira conosco no replay, e os palpites furados retornam na semana #6.

12 – Miami Guiphins (1-3)
Não se iludam com as quatro derrotas do Jujuba, ou mesmo pelo Tank estilo New York Jets do Show Me What You Got: o Guiphins é o pior time da liga Blake Bortles – o melhor atleta da equipe é Jordan Howard (haha) e isso já diz muito sobre tudo e nada.

11 – Show Me What You Got (2-2)
O time que exala arrogância e tenta disfarçar o tank segue na parte de baixo da tabela. Wayne Gallman (?) é um RB titular, e somados os 3 WRs alinhados para iniciar a próxima partida não equivalem a um jogador minimamente capaz. Assim como a África do Sul, 2018 é logo ali.

10 – Reno Gunslingers (1-3)
A franquia comandada pelo GM Diego Altafini não é a última. A franquia comandada pelo GM Diego Altafini não é a última. A franquia comandada pelo GM Diego Altafini não é a última. Sério: não estamos acreditando.

9 – Jujuba Skittles (0-4)
Um caso clássico de azar: é impossível uma equipe com Le’Veon Bell, Rob Gronkowski e McCaffrey ser pior que as citadas anteriormente. Mas enfim Bell estreou, de fato, na última semana, então Jujuba & amigos tendem a iniciar uma recuperação para encerrar o ano em uma honrosa oitava posição.

8 – Curitiba Left Sharks (1-3)
Matt Ryan é titular, mas não podemos conceder uma classificação melhor para um time que insiste com Andy Dalton no Fantasy. Em 2017.

7 – Água de Campinas (2-2)
Tom Brady, Sammy Watkins (sim!) e Travis Kelce pode levar esse time aos playoffs. Stefon Diggs também pode colaborar nesta missão.

Spoiler: mesmo assim, não vai dar. E a classificação será perdida pelos critérios de desempate.

6 – Atlas Abranches (3-1)
Como diabos um time que precisa escalar dois RBs do JAGUARS está com três vitórias é uma grande interrogação. A sorte, porém, logo o abandonará. Já dizia o poeta: o fantasy é uma caixinha de surpresas.

5 – Coxa Leaders (2-2)
O elenco é relativamente consistente, e caso Jameeis Winston não se mostre um sonho de verão, TY Hilton tenha sua alma gêmea (Andrew Luck) de volta o quanto antes e Melvin Gordon mantenha o alto nível, é possível sonhar com a pós-temporada.

4 – Ijuhy Drones (2-2)
A franquia gaúcha parou de escalar Paul Perkins e o futuro parece brilhante. Se dispensá-lo, o título passa a ser uma realidade.

OBS: muito bonita a lealdade a seus jogadores, mantendo Greg Olsen no elenco mesmo morto.

3 – Gávea Vultures (3-1)
O Gávea continuará forte enquanto LeSean McCoy e Ezekiel Elliott seguirem com boas atuações. Os WRs, porém, são o elo fraco da equipe, mas talvez Pryor tenha enfim se encontrado em Washington na última semana e retorne mais afiado após uma semana de descanso.

2 – Pick Six (3-1)
Kareem Hunt ainda salvará o mundo. Mais não temos a dizer.

1 – John The Fisherman (4-0)
Historicamente, todos os times que começaram 4-0 em ligas do Pick Six foram aos playoffs. E tiveram uma derrota decepcionante na semifinal. Quanto antes aceitar a dura realidade, antes poderá começar a pensar em 2018.

Liga Brock Osweiler 2017 – #Week 4

Bem amigos da Liga Brock Osweiler, voltamos para mais uma semana de palpites certeiros e com pouca ou nenhuma chance de erro. Na semana que passou acertamos apenas quatro resultado, então estamos 12-6 na temporada como um todo. Mas antes de tirarmos toda a graça da rodada adiantando o que vai acontecer, três pequenas considerações:

– Packers BR e Guanabara Bay Pombos já podem pensar nos playoffs.
– O time do comissário é uma decepção.
– Adeus, Rippers!

Agora vamos ao que interessa:

Futebil e Regatas (1-2) vencerá Comissário Baddel (1-2)

Este jogo só terá um vencedor porque empates são impossíveis no Fantasy Football. Na verdade, perdedor mesmo serão aqueles que assistirem esta partida. A vantagem do Futebil está em contar com nomes Mike Evans e Melvin Gordon – e, apesar da trinca West, Doyle e Thielen não ser extramente confiável, a dura verdade é que o maior pontuador individual do time de nosso menor aprendiz deve ser Justin Tucker.

Estancia Kerbfest (2-1) vencerá (se escalar um kicker) Ismaelssen Arcanines (1-2)

Gronkowski pode sozinho ter a mesma pontuação que três adversários somados. McCaffrey e Árvore-Caranguejo também já se consolidaram como pontuadores confiáveis em termos de Fantasy neste glorioso 2017 de nosso Senhor JC. De qualquer forma, tudo bem estar de luto com a morte repentina de Cairo Santos, mas é preciso escalar um kicker – do contrário serão derrotados por um chute de 42 jardas de Zuerlein. Estamos avisando.

Bauru DireWolves (2-1) encaminhará sua classificação destruindo Chesapeake Rippers (0-3)

Ezekiel Elliot e DeMarco Murray até terão bons jogos, mas não será suficiente diante de um Tom Brady em chamas, um Devonta Freeman possuído pela alma de RBs passados, AJ Green sendo a única opção viável para um QB mentalmente incapaz e até a, enfim, estreia de DeAndre Hopkins. Vitória fácil e a comemoração no interior paulista só terminará na manhã de quarta-feira.

Guanabara Pombos (3-0) vencerá (com as calças na mão) PackersBR (3-0)

No duelo de invictos da rodada, os dois melhores elencos de nossa liga (chora, Comissário) se enfrentam na partida com provável maior pontuação combinada. Não há como apontar vencedores logicamente. Fechamos os olhos, jogamos uma moeda para cima e deu Guanabara. Aceitem nosso método inquestionável.

Tramandaí Bicuíras (1-2) sai da lama e vence Tabernáculo Ateu (2-1)

A quinta-feira ajudou o Bicuíras, com duas atuações sólidas, e a sina das lesões atingindo em cheio o adversário. Mesmo assim, não é possível confiar em nomes como Andy Dalton (haha) e Giovani Bernard para buscar uma vitória no Fantasy. Vitória apertada para os amigos do Tramandaí!

São Paulo Talibikers (1-2) vencerá Philadelphia Beagles (1-2)

Mais um duelo equilibrado! Apesar de poder contar com boas pontuações de Russell Wilson e Cooks, o Beagles sucumbirá diante da dobradinha Matt Ryan e Julio Jones (3 TDs, anotem), além de uma boa atuação de Dez Bryant e 12 pontos de seu kicker. No apagar das luzes, jogo decidido por menos de 10 pontos!

 

Liga Blake Bortles 2017 – Week #4

Mais uma semana nascendo na Liga Blake Bortles, com uma excelente notícia: na semana anterior acertamos incríveis cinco resultados, abrindo vantagem no placar geral de pitacos: 11 acertos, contra apenas 7 erros.

Enfim, nenhuma novidade, já que nunca duvidamos de nossa capacidade, inteligência e senso crítico. Sem mais delongas, vamos as previsões para a semana #4.

Pick Six (3-0) vencerá Ijuhy Drones (1-2)

Nem mesmo a atuação de gala de Jordy Nelson na quinta-feira ajudará os Drones a voltarem para a senda de vitórias – o time, por exemplo, abandonou Paul Perkins, e mesmo que seu substituto esteja no IR e não vá pontuar (escala essa bosta, cara!), ainda sim é uma opção melhor que o projeto de RB do Giants. Kareem Hunt, o rookie sensação, sozinho, marcará mais pontos que todo o elenco do Ijuhy – incluindo reservas. Vitória fácil do comissário.

 

Curitiba Left Sharks (1-2) vencerá Reno Gunslingers (0-3)

É uma tendência histórica em nossas ligas: se o time é comandado pelo GM Diego Altafani, ele já entra em campo com 93% de chances de ser derrotado. Não é necessário uma análise mais aprofundada, tampouco importa se o owner dos Gunslingers tomara a aparente decisão correta: no instante seguinte, ela se tornará uma péssima escolha. E no final das contas, Devonta Freeman, Matt Ryan e Dez Bryant vencerão essa disputa sem a ajuda dos companheiros de equipe.

Jujuba Skittles (0-3) vencerá Gávea Vultures (2-1)

A primeira vitória da equipe liderada pelo GM mais carismático da liga, enfim, virá. Brees (não Goff), Bell, McCaffrey e Gronkowski farão aproximadamente 90 pontos, mas a dura verdade é que a partida será decidida graças a um FG errado de Brandon McManus. Triste, mas é melhor já ir aceitando.

 

Miami Guiphins (0-3) vencerá Coxa Leaders (2-1)

Outra franquia que sairá do zero, em parte graças as atuações do TNF: se por um lado Jordan Howard fez o que dele se esperava (um TD no garbage time), do outro Ty deixou o jogo muito cedo e o RB anão não teve a mesma sorte que seu companheiro de equipe na vida real. Ao Leaders resta confiar que Melvin Gordon ajude a diminuir a diferença, além de torcer para AJ Green receber todos os passes de um quarterback mentalmente incapaz de tomar a decisão correta. Não será suficiente.

Atlas Abranches (3-0) vencerá Show Me What You Got (1-2)

Vamos repetir novamente: o time que não mostra nada está tankando. Não vamos perder tempo analisando este futuro massacre.


Água de Campinas (2-1) vencerá John The Fisherman (3-0)

O melhor jogo da rodada. Gurley e Antonio Brown, claro, farão inúmeros pontos. Mas não farão frente a Brady, que além de tudo contará com uma dupla de WRs inspirada, um RB que enfrenta uma defesa composta por figurantes de Walking Dead e o TE mais bonito da liga. Ao final do MNF, vitória do time campineiro por 3 ou menos pontos.

Liga Brock Osweiler 2017 – Week #3

Fala galera da liga mais animada do Brasil (mais ou menos)!

Voltamos mais uma semana (novamente atrasados) com as previsões para as peladas do final de semana animadíssimo de NFL. Na semana passada, acertamos 5 resultados (vamos para um aproveitamento de 8-4, bem melhor que o da outra liga de nosso site), provando que previsões no sábado saem melhores.

Mas sigamos com elas:

São Paulo Talibikers (1-1) baterá em COMISSÁRIO Baddel (0-2)

Não é essa rodada que nosso querido comissário júnior sairá do buraco. A zica é tão grande que mesmo quando o flex do time resolve deslanchar para 142 jardas recebidas ele não recebe TD e, para piorar, o RB adversário marca dois. A fase é tão ruim para o lado do comissário que a derrota dispensaria mais comentários, mas se pode bater mais: Jordan Howard e Joe Mixon talvez não somem 10 pontos combinados, enquanto na comparação direta nenhum jogador do time é melhor (considerando o matchup) que qualquer Talibiker.

A menos que Tucker resolva explorar todo seu potencial e receber dois TDs, além de chutar 4 FGs de mais de 50 jardas, é difícil ver alguma possibilidade de sucesso para o Comissário. Já é hora de começar a pensar em trades ou em tankar?

PackersBR (2-0) não será parado por Ismaelssen Arcanines (1-1)

Alguém pode parar essa máquina? Uma análise do Arcanines (único vencedor que erramos semana passada) indicaria que o time poderia fazer mais de 100 pontos e vencer o até aqui imbatível. Antes que os adversários pudessem começar a sonhar, entretanto, Todd Gurley já soca mais de 30 pontos em plena quinta-feira e acaba com as esperanças. Mesmo assim, ambos times têm matchups complicados como Fournette contra Baltimore, Tyreek contra Chargers ou Diggs e Rudolph contra Case Keenum. A exemplo do jogo anterior, apostemos no óbvio para garantir já um número de acertos razoável.

Chesapeake Reapers (0-2) tira a barriga da miséria contra Tabernáculo Ateu (1-1)

O outro invencível (time sem vencer) da liga é o Reapers, que divide esse título com o medíocre comissário. Ainda que Zeke Elliott tenha sido medíocre (em vários sentidos) no jogo passado e a defesa de Arizona seja boa, é difícil imaginar que ele repita apenas 2.2 pontos. Jonathan Stewart, Carson Wentz (afinal, o Giants agora é uma piada) e Keenan Allen devem aproveitar as oportunidades pontuais que receberem para carregar o time. Do lado Ateu, talvez as coisas melhorem com um pouco de reza. O time teria capacidade de vencer se algum dos seus jogadores (que têm tendência a serem consistentes) fizessem algo além do normal para equilibrar Sammy Watkins. Válido apontar que J.J. Nelson, que recebeu 1 TD em cada jogo até agora, no banco de Marvin Jones, para um time que gostaria de um milagre é meio absurdo.

Guanabara Bay Pombos (2-0) vence o Tramandaí Bicuíras (1-1)

A segunda metade dos jogos da semana é mais desafiadora de prever porque não conta com nenhum jogador de quinta. Para a nossa sorte, o time de Tramandaí conta com ninguém mais ninguém menos que R. Anderson (NYJ, o que tira a importância de saber o primeiro nome dele) como titular, já que Jordy Nelson segue machucado – o que te diz tudo sobre possibilidades de vitória. Não se pode esperar nada mais do que medíocre por parte de Mark Ingram, Coby Fleener e Carson Palmer. Do outro lado, Odell deverá finalmente estrear (36 jardas não são estrear para ele) na temporada, enquanto Kareem Hunt é imparável. Desde que os outros jogadores igualem em um nível mediano aos Bicuíras, Pombos seguirá invicto na caça aos Packers do Brasil.

Philadelphia Beagles (1-1) promete massacrar Bauru DireWolves (1-1)

A promessa é alta: todos os Beagles têm um projected acima de 10 pontos e isso inclui a sua defesa, que enfrentará o rookie Deshaun Watson – mais legal ainda é que o jogador cuja previsão parece mais improvável de ser cumprida seria Jay Cutler, que terá a benção de enfrentar o pior time de futebol americano já montado. Para facilitar ainda mais o trabalho de Philadelphia, Bauru dependerá de Jesse James, Kerwynn Williams e Jarvis Landry (que pode acabar se anulando com Cutler). Em outras palavras: não vai acontecer.

Estancia Kerbfest (1-1) enfrenta Nova Orleans e obviamente vence Futebil e Regatas (1-1)

O título spoila. Com Cam Newton e McCaffrey, é difícil imaginar um resultado de derrota para o Estancia. Além disso, Antonio Brown também tem um belo matchup contra uma defesa já baleada de Chicago e a dupla Coleman e White devem continuar comendo pelas bordas, dando sua contribuição para seus times e para o Kerbfest. Do lado do Futebil, podemos começar observando que Mariota enfrenta a sempre maldita defesa de Seattle. Mike Evans encara Xavier Rhodes, Demariyus Thomas continua sendo não tudo aquilo, enquanto Theo Riddick e Kenny Stills são jogadores de apoio que não poderão se equivaler a Coleman e James White, o verdadeiro MVP.

Liga Blake Bortles 2017 – Week #3

Bem amigos da Liga Blake Bortles! Nasce mais uma semana em nosso glorioso Fantasy, então é hora de mais uma análise repleta de palpites certeiros embasados em coisa nenhuma. Na semana #2, acertamos incríveis quatro previsões, empatando o jogo contra o acaso: até aqui temos seis acertos e seis erros.

Antes, porém, alguma considerações:

– a nota positiva vai para o embate entre Curitiba Left Sharks e Jujuba Not Skittles, um duelo de peso, com muitos pontos e o vencedor determinado pelo DESTINO (seja lá o que isto signifique).

– mantendo a tradição de longa data, a franquia comanda pelo GM Diego Altafini segue rumo a mediocridade, flertando com as últimas posições e o rebaixamento; o Gunslingers deve confirmar seu passaporte para Série B de nosso Fantasy antes do Coritiba no campeonato brasileiro;

– o destaque negativo vai para atuação pífia e patética do Ijuhy Drones, marcando apenas 38 pontos, talvez uma das menores pontuações da história de nosso Fantasy Football;

– como previmos, o Show Me What You Got escancarou seu processo de Tank e está pensando no draft de 2018.

Agora as previsões da week #3:

Pick Six (2-0) vencerá Reno Gunslingers (0-2)

Não é preciso sequer analisar os matchups: se você está jogando contra o Reno e almeja os playoffs, é sua obrigação passar trator.

Curitiba Left Sharks (1-1) vencerá Gávea Vultures (1-1)

Tanto o QB, como a dupla de WRs dos tubarões, além de Devonta Freeman, tem ótimos confrontos. Conte ainda com boas pontuações da defesa de Green Bay contra um Andy Dalton anêmico e de Tyrek Hill, sempre uma ameaça, e a vitória está garantida. Os confrontos do Gávea não são dos melhores e nem mesmo a defesa de Kansas City é um elemento confiável. Vitória fácil do Left Sharks.

Coxa Leaders (1-1) vencerá Ijuhy Drones (1-1)

Melvin Gordon, Sanders e Montgomery somados farão mais pontos que todo o Ijuhy. A franquia gaúcha, aliás, já começa a cair na realidade e perceber que o final da tabela é seu destino; Paul Perkins segue titular dessa bost*, não há como levar este time a sério.

Atlas Abranches (2-0) vencerá Miami Guiphins (0-2)

Lynch e Evans, com uma pequena ajuda de Russell Wilson, até terão boas atuações, mas nada comparado ao combo Cooks, Crowell e Crabtree. Talvez até Odell Beckham finalmente consiga estrear na temporada e, mesmo que Fournette sofra contra a boa defesa de Baltimore, a terceira vitória do Abranches é tão certa como fracassos de equipes brasileiras em mata-mata de Libertadores.

Água de Campinas (1-1) vencerá Show Me What You Got (1-1)

A franquia de nome pedante está tankando e Sammy Watkins já garantiu a vitória do time do interior paulista.

John The Fisherman (2-0) vencerá Jujuba Not Skittles (1-1)

Um time que escala Jared Goff merece a vitória, mas infelizmente não será possível: Todd Gurley e Pierre Garçon já somaram para aproximadamente 1 bilhão de pontos, e a equipe ainda aguarda as atuações de Antonio Brown contra Chicago (haha) e Aaron Rodgers. Chora, Jujuba!