Power Ranking: semanas #5 e #6

18/out/17


Cada vez mais percebemos que não entendemos nada do esporte conhecido como futebol americano: quem imaginava que os Giants venceriam os Broncos?

Por outro lado, alguns fatos seguem como certezas: o New England Patriots sendo ajudado pela arbitragem e o Cleveland Browns sendo o Cleveland Browns.

32 – Cleveland Browns (-1 / 0-6)

Seis semanas. Esse foi o tempo necessário para a esperança desaparecer completamente e o Cleveland Browns voltar ao lugar de onde nunca deveria ter saído.

31 – San Francisco 49ers (-2 / 0-6)

A conexão C.J. Beathard – George Kittle é o futuro de um time ruim em completa reconstrução. Na verdade, o futuro é Kirk Cousins.

30 – New York Jets (+2 / 3-3)

O Jets foi mantido na lanterna desse ranking por seis semanas. Admitir o erro é um ato de nobreza: o time é melhor do que se poderia prever. Porém, não seria surpresa se não vencer mais nenhum jogo nessa temporada.

29 – Indianapolis Colts (+1 / 2-4)

O desejo de colocar o Colts um pouco acima nesse ranking existe, mas ele acaba quando lembro que as duas vitórias que o time acumula foram contra Browns e 49ers e o head coach é Chuck Pagano.

28 – Chicago Bears (0 / 2-4)

Mitchell Trubisky vem sambando na cara dos que deram risada do Draft do Bears (nós).

mark-sanchez-espionando-mitch-trubisky-enquanto-mike-glennon-sai-de-campo-desolado.jpg

27 – Miami Dolphins (0 / 3-2)

Vencer o Atlanta Falcons foi um feito considerável, mas não sabemos se foi uma vitória do Dolphins ou uma derrota do Falcons. O fator Jay Cutler impede que o time esteja em melhor posição no ranking.

26 – New York Giants (0 / 1-5)

A vitória contra o Denver Broncos serviu apenas para provar que ninguém sabe nada nessa porra toda.

25 – Los Angeles Chargers (0 / 2-4)

Duas vitórias consecutivas e uma certeza: esse time não vai a lugar algum.

24 – Baltimore Ravens (-6 / 3-3)

Esse talvez seja um dos times mais difíceis de assistir. O ataque é um show de mediocridade e a defesa não é tão boa quanto parecia.

23 – Cincinnati Bengals (+1 / 2-3)

Depois de passar bastante vergonha no início da temporada, o Bengals renasceu. O verdadeiro teste, porém, será contra o Steelers, no próximo domingo.

22 – Jacksonville Jaguars (+1 / 3-3)

A defesa é muito boa e a que mais gera turnovers. Leonard Fournette é MUITO bom. Mas é só depender minimamente de Blake Bortles que a coisa não vai pra frente. Talvez esse time consiga superar seu próprio QB e chegar aos playoffs, mas a obrigação moral é mantê-lo do meio pra baixo do ranking.

21 – Oakland Raiders (-12 / 2-4)

Ninguém está jogando nada em um time que era uma das prováveis forças da AFC

20 – Arizona Cardinals (+1 / 3-3)

Aparentemente estamos em 2009 e o trio Palmer-Fitz-Peterson está no auge. Resta saber quanto tempo isso vai durar.

19 – Tennessee Titans (0 / 3-3)

É difícil classificar o Titans como decepção. Talvez seja apenas um time medíocre mesmo.

18 – New Orleans Saints (+4 / 3-2)

Acreditem: o New Orleans Saints tem uma defesa consistente e um ataque baseado no jogo corrido. Essa é a NFL em 2017. Não há lógica.

17 – Buffalo Bills (-2 / 3-2)

A campanha é boa, graças à defesa, mas vai chegar a hora em que o ataque terá que marcar pontos e descobrirá que simplesmente não tem recebedores.

16 – Green Bay Packers (-14 / 4-2)

Queda de 14 posições no ranking: é isso que a perda de Aaron Rodgers significa para o Packers.

A temporada acabou.

15 – Tampa Bay Buccaneers (-4 / 2-3)

Cinco partidas disputadas e a certeza de que esse time foi superestimado já está presente.

14 – Washington Redskins (+6 / 3-2)

É difícil saber o que mais Kirk Cousins terá que fazer para conseguir um contrato de longa duração.

13 – Dallas Cowboys (0 / 2-3)

Manobras legais vão mantendo Ezekiel Elliot em campo. Dak Prescott vem jogando muito bem. Será que o ataque conseguirá novamente mascarar uma defesa duvidosa?

12 – Seattle Seahawks (+2 / 3-2)

Aos poucos, o Seahawks vai melhorando. Todo ano é assim. E todo ano o time estará jogando em janeiro.

11 – Houston Texans (+6 / 3-3)

No nosso primeiro Power Ranking, dissemos que Deshaun Watson CLARAMENTE não estava pronto para a NFL. Quatro semanas depois e vários recordes quebrados, apenas nos resta pedir desculpas.

10 – Detroit Lions (-3 / 3-3)

A bye-week fará bem a um time que parece ser bom mas que vem de duas derrotas, uma delas tomando 52 pontos do Saints. Quando perder para Pittsburgh, na semana 8, cairá ainda mais nessa lista.

9 – Minnesota Vikings (+7 / 4-2)

Não só venceu o Packers, mas também venceu automaticamente a divisão com a contusão de Aaron Rodgers.

8 – Atlanta Falcons (-3 / 3-2)

O alerta geral já está ligado em Atlanta. Perder para o Dolphins foi uma grande vergonha. O mínimo que esse time precisa fazer é vencer a revanche do Super Bowl contra o Patriots. Sabemos que isso não vai acontecer.

7 – Los Angeles Rams (+3 / 4-2)

Ver: http://picksix.com.br/jared-goff-estrelando-o-verdadeiro-bust-era-jeff-fisher/

6 – Carolina Panthers (+2 / 4-2)

A derrota para o Eagles em casa não estava nos planos, mas por falta de times bons o Panthers sobe para a posição seis do ranking.

5 – New England Patriots (+1 / 4-2)

Nada como uma pequena ajuda da arbitragem para bater o Jets, mas o Patriots vem lentamente evoluindo e já lidera a divisão.

4 – Denver Broncos (-1 / 3-2)

É preciso manter o pensamento positivo: a derrota para o Giants foi apenas um momento de diarréia mental. 

3 – Pittsburgh Steelers (+1 / 4-2)

É bastante confuso perder de maneira vergonhosa para o Jaguars e depois vencer o até então invicto Chiefs fora de casa. O que importa é que o talento está presente em Pittsburgh e as coisas devem se ajeitar.

2 – Philadelphia Eagles (+10 / 5-1)

Parece ser a principal força da NFC. O confronto contra o Washington Redskins no Monday Night Football colocará isso à prova.

1 – Kansas City Chiefs (0 / 5-1)

A derrota para o Pittsburgh Steelers parece ter sido apenas uma pedra no caminho. Nada como enfrentar o modorrento Oakland Raiders no Thursday Night Football para recuperar o ritmo.

Pensativo…

Tags: , , , ,

COMPARTILHE