Power Ranking: semanas #1 e #2

20/set/17


Nunca nos cansaremos de envergonhar amigos, leitores e familiares (assumindo que eles leiam o site, o que é bastante improvável). Por isso, voltamos com o nosso Power Ranking! De duas em duas semanas traremos a famigerada lista que elenca as franquias da NFL de acordo com a força de seus times. Lembrando que não odiamos o seu time: odiamos todos os times.

32 – New York Jets (0-2)

O Jets de 2017 é o time menos inspirador da história da NFL.

31 – Indianapolis Colts (0-2)

O time até lutou e chegou à prorrogação contra o Cardinals, mas Andrew Luck representa aproximadamente 93,67% do time. Imaginem o que sobrou.

30 – Cleveland Browns (0-2)

A reconstrução começa a dar sinais de resultado e DeShone Kizer parece ser o futuro da franquia, mas a empolgação precisa ser totalmente contida quando se trata de Browns.

29 – San Francisco 49ers (0-2)

Temos que admitir: foi divertido ver o 49ers dando trabalho para o Seattle Seahawks. Mas talvez isso seja o melhor que Kyle Shanahan consiga fazer em seu primeiro ano como Head Coach.

28 – Chicago Bears (0-2)

Até ameaçou mostrar que poderia fazer algo em 2017 assustando o Atlanta Falcons na semana 1, mas times ruins são times ruins, e vice-versa.

27 – Buffalo Bills (1-1)

O rookie Zay Jones dropou o passe que daria a vitória contra o Carolina Panthers e uma posição melhor nesse ranking. Se LeSean McCoy for contido, o ataque do Bills simplesmente não existe.

26 – Cincinnati Bengals (0-2)

Se trocasse de camisa com o New York Giants*, ninguém ia nem perceber.
*Nota da edição: mesmo assim, por algum motivo, os dois times não estão colados na lista.

25 – New Orleans Saints (0-2)

Uma frase publicada no Twitter resume bem o que é o New Orleans Saints: “antes de se aposentar, Drew Brees deveria ter a chance de jogar contra a defesa do Saints pelo menos uma vez”.

Medo.

24 – Jacksonville Jaguars (1-1)

Os 10 sacks contra o Houston Texans na semana 1 renderam o duvidoso apelido de “Sacksonville”. Mas foi só depender um pouco de Blake Bortles na semana 2 que já lembramos quem são os verdadeiros Jaguars.

23 – New York Giants (0-2)

O Giants vive uma rara situação em que todos são culpados pelo desastre. Não há um jogador que se salve nesse ataque horroroso, mas a defesa é boa.

22 – Arizona Cardinals (1-1)

Ganhar do Colts não quer dizer nada. Sem David Johnson, esse time não vai a lugar algum.

21 – Houston Texans (1-1)

DeShaun Watson claramente não está pronto para ser um QB na NFL. Tom Savage nem deveria estar na NFL. Houston, temos um problema com QBs.

20 – Washington Redskins (1-1)

É difícil escrever mais de uma linha sobre um time quando a única coisa que ele consegue fazer é flertar com a linha da mediocridade.

19 –  Los Angeles Rams (1-1)

O Rams nos enganou na semana 1 jogando contra o Colts. Jared Goff parecia Tom Brady e Cooper Kupp parecia Jerry Rice, mas a realidade sempre bate na nossa porta.

18 – Los Angeles Chargers (0-2)

Esse é o melhor time 0-2 que você verá. Poderíamos fazer muitas piadas com o kicker coreano, mas tem um monte de pau no koo que já fez, então não vamos ficar repetindo.

17 – Tennessee Titans (1-1)

O Titans às vezes parece muito bom, às vezes parece muito ruim. Marcus Mariota não está tendo o início de temporada que muitos previam.

16 – Miami Dolphins (1-0)

Excelente vitória fora de casa contra o Chargers, em seu único jogo da temporada. Jay Cutler conseguiu não estragar tudo.

Disseram que era um casamento perfeito.

15 – Seattle Seahawks (1-1)

Colocar Seattle na posição 15 de um ranking é uma heresia, mas é bastante divertido ao mesmo tempo. Tão divertido quanto ver o time sofrer para vencer o 49ers em casa.

14 – Philadelphia Eagles (1-1)

Chegou a dar um pouco de trabalho ao Chiefs e Carson Wentz vem mostrando a evolução que se esperava dele.

13 – Carolina Panthers (2-0)

Não está sendo bonito, mas de alguma forma o Panthers chegou a 2-0. A explicação para o sucesso no início da temporada tem dois nomes: 49ers e Bills.

12 – Detroit Lions (2-0)

O Lions é a representação mais perfeita de um time que parece bom, mas que no máximo vai chegar a um 9-7.

11 – Tampa Bay Buccaneers (1-0)

Temos apenas um jogo para avaliar o Bucs e foi praticamente contra o vento, mas até agora não há nada para reclamar.

10 – Dallas Cowboys (1-1)

Lidar com o Giants na semana 1 foi tranquilo, mas uma viagem a Denver na outra semana fez os Cowboys colocarem os pés no chão.

9 – Minnesota Vikings (1-1)

Era difícil imaginar que a ausência de Sam Bradford poderia ser tão relevante para um time. Com ele, o Vikings parecia o melhor time da liga. Sem ele, parece o Jacksonville Jaguars.

Muito mais que um rostinho bonito e joelhos de vidro.

8 – Baltimore Ravens (2-0)

A defesa é dominante e o ataque é competente.

7 – Pittsburgh Steelers (2-0)

Duas vitórias e o ataque ainda não jogou nem 20% do que é capaz.

6 – Green Bay Packers (1-1)

Perder para o Falcons fora de casa com dois cones jogando como Tackle é normal, mas a enfermaria já começa a ficar lotada.

5 – New England Patriots (1-1)

É claro que esse time vai subir no ranking ao longo da temporada, infelizmente, mas jogar contra a defesa do Saints é como ter uma semana de bye.

4 – Atlanta Falcons (2-0)

Não se enganem: se não fosse um drop bizarro de Jordan Howard na semana 1, o Falcons teria perdido para o modorrento Bears e estaria 1-1.

3 – Oakland Raiders (2-0)

Independente da qualidade dos adversários, Oakland está atropelando sem dificuldade nenhuma.

2 – Denver Broncos (2-0)

Trevor Siemian é o melhor QB da NFL no momento. Lidem com isso, mas não levem tão a sério.

1 – Kansas City Chiefs (2-0)

Venceu dois bons adversários de forma convincente e vem mostrando um inesperado dinamismo ofensivo. Resta saber como a lesão de Eric Berry afetará a defesa a longo prazo. Já conseguem imaginar Alex Smith segurando o Lombardi Trophy em Fevereiro? A gente também não.

Are you mad?

 

Tags: , , , ,

COMPARTILHE