Power Ranking #12 – Vamos todos torcer para o Oakland Raiders?

30/nov/16


Bem amigos do Pick Six! Hora de mais um Power Ranking, repleto de verdades incontestáveis, graças as boas histórias que a NFL nos proporcionou este ano. A briga pelo topo se acirra, enquanto os piores times, bem, esses já estão consolidados no limbo. Confira:

Saindo do poço: Green Bay Packers (+6 )

Cavando mais um pouco: Arizona Cardinals (-7)

32 – Cleveland Browns (0 / 0-12)

Já não temos mais piadas para inserir nesse espaço.

31 –Jacksonville Jaguars (0 / 2-9)

A vida só é mais triste que um passe errado de Blake Bortles.

30 – San Francisco 49ers (0 / 1-11)

Chip Kelly soube de uma vaguinha em Oregon e acabou de atualizar seu currículo na Catho.

29 – New York Jets (0 / 3-8)

Brady estava com preguiça. Não se iludam.

28 – Chicago Bears (0 / 2-9)

Tudo é mais agradável quando você descobre que está cada dia mais próximo de se ver livre de Jay Cutler.

27 – Los Angeles Rams (0 / 4-7)

O Rams não vai chegar nem ao já tradicional recorde de 7-9 e Jeff Fischer convida para o lançamento de seu livro “Como manter seu emprego independente dos resultados”. Pelo menos Jared Goff foi razoável em seu segundo jogo como titular.

26 – Cincinnati Bengals (0 / 3-7-1)

Existem poucas coisas mais tristes que um ataque comandado por Andy Dalton. Uma delas é um ataque comandado por Andy Dalton sem AJ Green.

25 – Arizona Cardinals (-7 / 4-6-1)

Tudo indica que o draft de 2017 já é uma realidade.

24 – Carolina Panthers (0 / 4-7)

Nem Cam Newton aguenta mais a desgraça que se tornou esse time.

23 – Houston Texans (-6 / 6-5)

Brock Osweiller é uma piada de péssimo gosto.

22 – New Orleans Saints (+3 / 5-6)

Enquanto Brees tiver braço, há um resquício de esperança.

21 – Indianapolis Colts (-1 / 5-6)

Scott Tolzien até que não foi tão desastroso, mas o resto do time não ajudou. Enquanto TY Hilton dropava TDs fáceis, a defesa estendia o tapete vermelho para o ataque do Steelers. O Colts tem sorte de estar na AFC South.

20 – Tennessee Titans (+1 / 6-6)

Sofrer para ganhar do Chicago Bears de Matt Barkley não foi nada bonito, mas o time segue na cola dos adversários da divisão que ninguém quer ganhar. Deve brigar até o fim com o Colts.

19 – Tampa Bay Buccaneers (+3 / 6-5)

Mike Evans é um monstro e fez o arrogante Richard Sherman passar vergonha. A vitória contra o Seattle Seahawks não foi um primor, mas mostrou evolução, principalmente defensiva. Estão deixando o Bucs sonhar!

O que MIke Evans fez com Sherman é motivo para cadeia.

O que MIke Evans fez com Sherman é motivo para cadeia.

18 – Philadelphia Eagles (-6 / 5-6)

Carson Wentz continua sendo muito bom, mas não está tendo ajuda de ninguém e o Eagles não encanta como no início da temporada. Os resultados não virão nesse ano, mas o Eagles é o time do futuro – mas também não sabemos quando chegará esse tal futuro.

17 – Green Bay Packers (+6 / 5-6)

A humanidade é um lugar melhor quando Aaron Rodgers está em um bom dia. Pena que, no final da história, isso não levará nada.

16 – San Diego Chargers (+3 / 5-6)

O Chargers é um caso a ser estudado, uma equipe destroçada por lesões que teima em lutar para não chegar a lugar algum. Pode ser burrice, mas pelo menos é bonito.

15 – Pittsburgh Steelers (+1 / 6-5)

Vencer um Colts sem Luck não é lá muito mérito. Aliás, vencer o Colts com Luck já não é muito mérito, então crescer uma posição em nosso ranking já é mais que suficiente.

14 – Baltimore Ravens (0 / 6-5)

Enquanto a defesa segue carregando o time nas costas, Joe Flacco lançou apenas 10 TDs em onze jogos e tem um QB rating menor que o de Blake Bortles. É difícil acreditar que o time continuará na liderança da AFC North por muito tempo.

13 – Miami Dolphins (0 / 7-4)

Se a temporada terminasse hoje, o Miami Dolphins estaria nos playoffs. Repetimos: o Miami Dolphins estaria nos playoffs. Ryan Tannehill teve o melhor jogo de sua carreira na vitória contra o San Francisco 49ers e o time já coleciona seis vitórias consecutivas. O torcedor dos golfinhos se enche de esperança, mas alertamos que tudo terminará em dor e sofrimento.

12 Buffalo Bills (+3 / 6-5)

Se existe um time que pode surpreender com uma aparição nos playoffs é o Buffalo Bills. A volta de Sammy Watkins adiciona uma nova dimensão ao ataque que já tem um dos melhores jogos corridos da liga. Mas temos certeza que Rex Ryan encontrará um jeito de estragar tudo.

11 – Minnesota Vikings (-1 / 6-5)

Já passou o tempo em que questionávamos se o Super Bowl era o destino de Minnesota. Hoje, se firmando como fregueses do Detroit Lions, o mais interessante que há é especular o futuro de Bradford.

10 – Washington Redskins (-3 /6-4-1)

Perder para a grande sensação da temporada não é muito demérito, mas obviamente ameaçará sua vaga nos playoffs como qualquer outra derrota. Por sorte, os adversários mais importantes estão falhando também (e contra times piores).

9 – Atlanta Falcons (+2 / 7-4)

O ataque continua imparável, Taylor Gabriel foi o nome da semana (nós também não conhecemos), e a defesa pareceu até decente; mesmo considerando ser Arizona, tanta pressão dá esperanças.

8 – Detroit Lions (+1 / 7-4)

Líderes da NFC North com 1,5 jogos (tem a vantagem do confronto direto com os Vikings) a frente seria o sonho do torcedor? Melhor ainda: Matthew Stafford é realmente melhor e mais seguro sem Megatron.

7 – New York Giants (+1 / 8-3)

Não é bonito, os especialistas sentem desgosto, os adversários reclamam, mas tudo o que os Giants fazem é vencer. Fica a esperança em Eli Manning para salvar a NFL de um duelo de forças do mal (ou criar uma nova com Odell).

6 – Denver Broncos (0 / 7-4)

Se Tremor Siemian lança 3 TDs e Von Miller consegue 3 sacks e seu time ainda assim perde, é porque simplesmente é necessário aceitar o destino. Denver já não assusta tanto quanto antes.

5 – Seattle Seahawks (-2 / 7-3-1)

Perder para os Buccaneers? Richard Sherman sendo DEVORADO por Winston-Evans? Foi-se o tempo em que tudo dava cerro para Russel Wilson e cía (ainda bem). E, ainda assim, eles estão praticamente garantidos nos playoffs.

4 – Kansas City Chiefs (+1 / 8-3)

Vencer jogos dentro da divisão é sempre essencial. Mais: ao contrário dos Giants, o jogo de Kansas City é sem grande brilho, mas é de uma eficiência que não depende de flashes de brilhantismo. Andy Reid pode acabar surpreendendo a todos.

3 – Oakland Raiders (+1 / 9-2)

Derek Carr, nosso MVP? Os Raiders serão felizes em Las Vegas com esse estilo de jogo do jeito que o povo gosta: ataque que brilha, defesa que dá medo mas não quebra e, no final, acumulam vitórias.

Queremos acreditar.

Queremos acreditar.

2 – New England Patriots (0 / 9-2)

Sofreram para vencer os Jets e Rob Gronkowski segue acumulando lesões, mas resolvemos que não especularemos demais pra ver se diminuímos a vontade de Belichik de provar-nos errados.

1 – Dallas Cowboys (0 / 10-1)

Além de os melhores, os ratings da TV americana mostram que os Cowboys também são os mais amados dos Estados Unidos. Dak Prescott encanta e mantém Romo confortável no banco. O duelo contra os Vikings virá para confirmar o time matematicamente nos playoffs.

Tags: , , , , ,

COMPARTILHE