Liga Brock Osweiler 2017 – Week #3

23/set/17


Fala galera da liga mais animada do Brasil (mais ou menos)!

Voltamos mais uma semana (novamente atrasados) com as previsões para as peladas do final de semana animadíssimo de NFL. Na semana passada, acertamos 5 resultados (vamos para um aproveitamento de 8-4, bem melhor que o da outra liga de nosso site), provando que previsões no sábado saem melhores.

Mas sigamos com elas:

São Paulo Talibikers (1-1) baterá em COMISSÁRIO Baddel (0-2)

Não é essa rodada que nosso querido comissário júnior sairá do buraco. A zica é tão grande que mesmo quando o flex do time resolve deslanchar para 142 jardas recebidas ele não recebe TD e, para piorar, o RB adversário marca dois. A fase é tão ruim para o lado do comissário que a derrota dispensaria mais comentários, mas se pode bater mais: Jordan Howard e Joe Mixon talvez não somem 10 pontos combinados, enquanto na comparação direta nenhum jogador do time é melhor (considerando o matchup) que qualquer Talibiker.

A menos que Tucker resolva explorar todo seu potencial e receber dois TDs, além de chutar 4 FGs de mais de 50 jardas, é difícil ver alguma possibilidade de sucesso para o Comissário. Já é hora de começar a pensar em trades ou em tankar?

PackersBR (2-0) não será parado por Ismaelssen Arcanines (1-1)

Alguém pode parar essa máquina? Uma análise do Arcanines (único vencedor que erramos semana passada) indicaria que o time poderia fazer mais de 100 pontos e vencer o até aqui imbatível. Antes que os adversários pudessem começar a sonhar, entretanto, Todd Gurley já soca mais de 30 pontos em plena quinta-feira e acaba com as esperanças. Mesmo assim, ambos times têm matchups complicados como Fournette contra Baltimore, Tyreek contra Chargers ou Diggs e Rudolph contra Case Keenum. A exemplo do jogo anterior, apostemos no óbvio para garantir já um número de acertos razoável.

Chesapeake Reapers (0-2) tira a barriga da miséria contra Tabernáculo Ateu (1-1)

O outro invencível (time sem vencer) da liga é o Reapers, que divide esse título com o medíocre comissário. Ainda que Zeke Elliott tenha sido medíocre (em vários sentidos) no jogo passado e a defesa de Arizona seja boa, é difícil imaginar que ele repita apenas 2.2 pontos. Jonathan Stewart, Carson Wentz (afinal, o Giants agora é uma piada) e Keenan Allen devem aproveitar as oportunidades pontuais que receberem para carregar o time. Do lado Ateu, talvez as coisas melhorem com um pouco de reza. O time teria capacidade de vencer se algum dos seus jogadores (que têm tendência a serem consistentes) fizessem algo além do normal para equilibrar Sammy Watkins. Válido apontar que J.J. Nelson, que recebeu 1 TD em cada jogo até agora, no banco de Marvin Jones, para um time que gostaria de um milagre é meio absurdo.

Guanabara Bay Pombos (2-0) vence o Tramandaí Bicuíras (1-1)

A segunda metade dos jogos da semana é mais desafiadora de prever porque não conta com nenhum jogador de quinta. Para a nossa sorte, o time de Tramandaí conta com ninguém mais ninguém menos que R. Anderson (NYJ, o que tira a importância de saber o primeiro nome dele) como titular, já que Jordy Nelson segue machucado – o que te diz tudo sobre possibilidades de vitória. Não se pode esperar nada mais do que medíocre por parte de Mark Ingram, Coby Fleener e Carson Palmer. Do outro lado, Odell deverá finalmente estrear (36 jardas não são estrear para ele) na temporada, enquanto Kareem Hunt é imparável. Desde que os outros jogadores igualem em um nível mediano aos Bicuíras, Pombos seguirá invicto na caça aos Packers do Brasil.

Philadelphia Beagles (1-1) promete massacrar Bauru DireWolves (1-1)

A promessa é alta: todos os Beagles têm um projected acima de 10 pontos e isso inclui a sua defesa, que enfrentará o rookie Deshaun Watson – mais legal ainda é que o jogador cuja previsão parece mais improvável de ser cumprida seria Jay Cutler, que terá a benção de enfrentar o pior time de futebol americano já montado. Para facilitar ainda mais o trabalho de Philadelphia, Bauru dependerá de Jesse James, Kerwynn Williams e Jarvis Landry (que pode acabar se anulando com Cutler). Em outras palavras: não vai acontecer.

Estancia Kerbfest (1-1) enfrenta Nova Orleans e obviamente vence Futebil e Regatas (1-1)

O título spoila. Com Cam Newton e McCaffrey, é difícil imaginar um resultado de derrota para o Estancia. Além disso, Antonio Brown também tem um belo matchup contra uma defesa já baleada de Chicago e a dupla Coleman e White devem continuar comendo pelas bordas, dando sua contribuição para seus times e para o Kerbfest. Do lado do Futebil, podemos começar observando que Mariota enfrenta a sempre maldita defesa de Seattle. Mike Evans encara Xavier Rhodes, Demariyus Thomas continua sendo não tudo aquilo, enquanto Theo Riddick e Kenny Stills são jogadores de apoio que não poderão se equivaler a Coleman e James White, o verdadeiro MVP.

Tags: , , ,

COMPARTILHE