Liga Brock Osweiler 2017 – Week #6

14/out/17


Senhoras e senhoras, estamos de volta. Depois de um grande Power Ranking que se provará brilhante ao final da temporada, temos que voltar a prever resultados dos jogos. Já perdemos as contas de como vai nosso aproveitamento jogo a jogo, mas temos a certeza que está acima dos 50% (ou seja, ganhamos de uma moeda); portanto, vale a pena seguir acompanhando:

Ismaelssen Arcanines vence o COMISSÁRIO Baddel

A essa altura do campeonato o leitor já deve ter percebido que sempre apostamos contra o comissário. Mas apesar da sua recuperação, não é como se precisássemos de muito esforço para apostar contra esse mago. Arizona vai ser um desafio bem mais imponente para Doug Martin que a defesa MEDIANA de New England; outro ponto é ter Case Keenum como titular. Keenum!

Do outro lado, nossos poderosos Pokémons de fogo têm um Kirk Cousins com vontade de fazer um jogo maravilhoso contra seu futuro time apoiando-se em Pryor, além dos ETs Tyreek Hill, Leonard Fournette e Will Fuller (4 TDs em 2 jogos) ainda no banco. Arcanines, choque do trovão! (ou algo assim)

Philadelphia Beagles sai do fundo do poço contra os Chesapeake Rippers

É incrível como seguimos apostando em certos times e eles seguem decepcionando. Nesse jogo, pelo menos, um desses dois perdedores constantes ganhará. Por ter optado por Winston ao invés do on-fire Wentz, apostamos no Beagles – mesmo que este conte com Josh McCown (que é uma opção mais bizarra que o já citado Case Keenum).

Bell, Gillislee e Cooks, os poucos jogadores não medíocres do jogo, serão a diferença. Philadelphia, tira o CJ Anderson do banco, por favor!

Futebil e Regatas vence sem QB o Guanabara Bay Pombos

Mariota estará saudável para domingo? É bom que Futebil esteja atento e bem preparado para puxar um QB dos free agents caso o surfista de Nashville não esteja pronto. De qualquer forma, Brees não alcançará os pontos projetados contra Detroit simplesmente porque são muitos, e os épicos Hunt e Gordon deverão anular-se em jogos difíceis – mas não para running backs.

A diferença fica no grupo de recebedores: Adam Thielen deverá receber infinitos passes com Diggs machucado, enquanto Mike Evans receberá oportunidades suficientes contra Patrick Peterson para marcar seus pontinhos. Ingram, Fitzgerald e Cobb, do outro lado, deverão continuar sendo consistentes: nenhum passará dos 10 pontos.

Bauru DireWolves segue cavando o buraco do PackersBR

Será que ACABOU o sonho do nosso PackersBR? Parece que aquele time mágico deu uma virada de pá e simplesmente se tornou o Comissário Baddel. Peterson e Decker não chegariam nem perto de um time de respeito, quanto mais daquele time invicto da semana 4 – ao contrário da vida real, Aaron Rodgers não pode fazer mágica e ganhar jogos sozinho por aqui.

Pelo Bauru, Brady trucidará os Jets porque é assim que as coisas são. Hopkins e Freeman são as escolhas de primeiro round que continuam a provar-se excelentes – ainda mais contra Cleveland e Miami.

Estancia Kerbfest faz o zumbi voltando do além contra Tabernáculo Ateu

Repetindo piada: nem que comece a rezar o Ateu ganha esse jogo. Brissett, Howard e Wallace estariam melhor em um circo de bizarrices do fantasy que em um time que quer ser levado a sério (e já acumulou quatro vitórias!).

Um bom retorno de Gronkowski contra o maior rival de divisão, além dos WRs Brown e Crabtree, (e já auxiliados pela derrota produtiva dos Panthers) deverão ser bem mais do que o suficiente para superar os 78 míseros pontos projetados do Tabernáculo.

São Paulo Talibikers troca Powell por Jones e vence o Tramandaí Bicuíras

BASICAMENTE, muitos times esqueceram de ser ajeitados essa semana, né? De qualquer forma, basta tirar Powell e meter Julio Jones nos titulares que ele garantirá a vitória dos Talibans. Gostamos também de Carlos Hyde meio saudável e Matt Ryan contra uma defesa que não intercepta ninguém.

Andre Ellington vai perder espaço para o comitê sênior em Arizona, enquanto Jordy Nelson enfrentará a dificuldade de ter Xavier Rhodes na sua cola; a decadência de Rivers deverá parecer ainda mais pesada contra um rival de divisão, enquanto Vernon Davis só existirá se Jordan Reed seguir na UTI. Basicamente, rumo à lanterna, Bicuíras.

Tags: , ,

COMPARTILHE