Liga Brock e Liga Blake – Week #13

03/dez/17


Fala galera, beleza? Chegamos à semana derradeira da temporada regular das nossas amadas ligas de fantasy. Nesse domingo, teremos as definições das últimas vagas (faltam 6, entre 11 times nas duas ligas); quem seguirá no sonho do grande título e quem seguirá no sonho do prêmio de lanterna?

Nosso aproveitamento nas previsões da semana passada foi ridículo. Acertamos apenas a vitória de Bauru por 0.32 pontos contra o comissário da liga Brock Osweiler. Resta apenas olhar para o futuro:

Liga Blake Bortles

Coxa Leaders segue soberano e acabará em primeiro, o que praticamente acaba com suas chances de título. A outra vaga de descanso na primeira rodada está nas mãos do Comissário Cadu, que só precisa descolar a vitória para se garantir (que deverá vir se os inconstantes Jamaal Williams e Rex Burkhead continuarem recebendo volume); Gávea e JOHN THE FISHERMAN (que precisar marcar 15 pontos a mais que o comissário para conseguir a bye) correm por fora, mas devem ter melhor sorte continuando onde estão.

Garantidos à parte, a disputa interessante é realmente entre Atlas Abranches, Miami Guiphins e Reno Gunslingers. Surpreendentemente, ponto de competitividade para a parte de baixo da tabela, onde todos têm chance de conseguir um descanso na primeira rodada do Consolation – não que isso importe para alguém.

Atlas Abranches

Praticamente garantido há três rodadas, segue pipocando. Seu verdadeiro duelo consta em marcar no máximo 22 pontos a menos que o Reno Gunslingers. Também pode se garantir com vitória que parece praticamente garantida enfrentando o fraco Ijuhy Drones, que não tem nenhum jogador além do seu QB com mais de 10 pontos projetados, também se apoiando em Fournette contra Indianapolis e os medianos, porém importantes, WRs Kearse e Marvin Jones.

Miami Guiphins

Pedimos desculpas ao manager e torcedores do time porque sabemos que zicamos. De qualquer forma, o time ainda controla o seu próprio destino e deve chegar aos playoffs quente para brigar até mesmo pelo título, desde que se livre de Blair Walsh.

Lembranças de uma época em que queriam celebrar com Walsh.

 

Reno Gunslingers

Era para ter acabado na semana passada, mas a vida gosta de provocar e dar aquele fio de esperança. Para se classificar, o Reno precisa contar com a derrota do Guiphins ou do Atlas (neste caso, tirando a diferença de pontos marcados), além de ganhar o próprio jogo do nosso líder imbatível. O time está longe de ser bom com Marqise Lee, Duke Johnson e Lamar Miller, mas nada impede que cada um deles nos surpreenda; antes do Sunday Night Football começar deveremos ter uma resposta e, válido lembrar, se a surpreendente classificação ocorrer tem sorteio de prêmio.

Liga Brock Osweiler

A liga mais disputada do universo segue disputada. As first-round byes estão 99% garantidas nas mãos de Estancia Kerbfest e Ismaelssen Arcanines – só um desastre completo tira o descanso deles. Entretanto, sete times brigam pelas quatro vagas restantes, o que promete muitas emoções (finalmente) ao longo do domingo e até mesmo no Monday Night Football.

PackersBR

O time que um dia foi o claro campeão da liga chega à última rodada com chances ínfimas, mas não inexistentes. A combinação de derrotas (Beagles, Rippers, Baddel) deverá ser épica para acontecer a classificação, mas não custa nada torcer. Não vale perder tempo com análise do jogo; basta rezar.

Philadelphia Beagles

O NOSSO BEAGLES segue sendo carregado pela corneta. Infelizmente, o jogo dessa semana é o mais fácil que poderia ser – o que, no caso, pode tornar a situação dramática. Uma vitória deve garantir a classificação ainda que o número de pontos marcados seja algo a monitorar. Os 18 pontos de Alfred Morris no banco e a falta de alternativa a Amari Cooper, além de jogos potencialmente complicados para todos os jogadores do time, podem acabar gerando drama até Le’Veon Bell, inevitavelmente, destruir Cincinatti na segunda-feira.

Chegando para decidir por todos.

Comissário BADDEL

Parece bem provável que, como previmos desde o começo da temporada, o líder-mor dessa liga acabe sequer chegando aos playoffs. Depender de uma vitória contra o líder Estancia, que já emenda uma sequência de cinco triunfos (incluindo 150 pontos na semana 12) é garantia de tristeza. Agholor e Mixon não serão páreos para Antonio Brown e Christian McCaffrey; São Alvin Kamara (ou seria o DEUS?) ainda pode ser invocado, mas a situação é complicada.

Só a vitória interessa

Passamos agora aos confrontos diretos e começamos com algo curioso: ainda que ambos já tenham chegado ao mágico número de sete vitórias, provavelmente só um dos dois sairá classificado do duelo entre Bauru DireWolves e São Paulo Talibikers, devido ao baixo número de pontos marcados. Ambos dependerão de jogadores de Atlanta que, devido ao confronto contra Minnesota, deverão encontrar dificuldades.

A balança pesa a favor de Bauru devido aos melhores matchups que Tom Brady, DeAndre Hopkins e Dion Lewis terão pela frente; do lado dos paulistanos, somente Hyde deverá enfrentar uma defesa mediana: Ertz pega Seattle, enquanto Duke Johnson baterá de frente contra o Chargers. Como matchups podem ser apenas ilusão, fica a dica de um jogo emocionante para se acompanhar.

Guanabara Bay Pombos elimina Cheesapeake Rippers

Time que já foi queridinho dessa coluna anteriormente, o Rippers deverá mesmo se dedicar ao Consolation nas próximas semanas. A definição ficará para o final da tarde, com muitos jogadores envolvidos nesses jogos mais tardios, mas a conclusão visual parece claro por falta de brilho do lado do Cheesapeake: o MVP Carson Wentz enfrentará a desfalcada, mas sempre grande defesa de Seattle, além da combinação de interrogações entre Watkins, Miller e Murray.

Do outro lado, o Guanabara está praticamente classificado, mas preferiria vencer para não depender de ninguém. Mark Ingram deverá voltar a ter oportunidades no melhor jogo corrido da liga, enquanto Doug Baldwin, Larry Fitzgerald e Greg Olsen serão peças importantes para seus times nessa reta final de NFL, pelo que tem que voltar a receber um maior volume de bolas.

Tags: , ,

COMPARTILHE